Compartilhe

PREFEITOS da AMREC, CDLS e Associações empresariais questionam pedagioamento no trecho Sul da BR-101

Publicado em 25/10/2018 às 20:40 - Atualizado em 25/10/2018 às 20:45


Créditos: Antonio Rozeng Baixar Imagem

Os prefeitos dos 12 municípios da região da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (AMREC) em conjunto com as associações empresariais e Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDLs) estiveram reunidos na sede da AMREC nesta tarde de quinta-feira (25/10) para tratar das instalações das praças de pedágios no trecho sul da BR-101. No encontro ficou decidido o envio de um documento, que será elaborado por uma comissão formada na reunião, para questionar o volume de trafego e investimentos previstos para o trecho, que deve ser enviado ao Agencia Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) até o dia 9 de novembro.

Durante a reunião foi questionado o número de praças de pedágio previstas, que são quatro, e o grupo quer duas. Além da equiparação com valor ao trecho norte (hoje de R$ 2,70 para carros pequenos). Para o presidente da AMREC e prefeito de Siderópolis, Helio Roberto Cesa, o Alemão, a reunião foi positiva. “Foi uma reunião com bastante representatividade. Vamos formar uma comissão com quatro representantes para a formação de um documento para envio a ANTT. Representando a AMREC, será o prefeito de Lauro Muller, Valdir Fontanella”, disse o presidente. As CDLs e as associações empresarias também vão indicar representantes. O presidente ainda lembra que as consultas públicas online é que vão se encerrar no dia 9. Mas as negociações com os setores públicos, como as reinvindicações das prefeituras com a ANTT devem continuar.

A comissão deve fazer a primeira reunião para tratar da elaboração do documento na próxima segunda-feira.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

Avenida Santos Dumont, 855, Milanese, Criciúma - SC
CEP: 88803-200