Reunião AMREC planeja as medidas para os próximos dias na região

Publicado em 21/03/2020 às 21:45 - Atualizado em 30/03/2020 às 11:48

Reunião hoje pela manhã (21/03) sede da AMREC reuniu prefeitos, secretários de saúde e representantes do Governo do Estado, como a coordenadora regional de saúde, polícia civil e de defesa civil. No encontros os próximos passos para frear o corona vírus (Covid-19) e as consequências que o problema vem causando na rotina da população.
Os municípios decidiram não formar barreiras entres os municipios da AMREC, com exceção do Balneário Rincão, onde muitas pessoas estavam indo a praia. O prefeito Jairo Custódio, demostrou preocupado com os moradores do Balneário. "As pessoas precisam entender a gravidade da situação. Não é momento pra lazer", afirma o diretor executivo da Amrec, Lei Alexandre
Entre as medidas tomadas, a prefeitura de Criciúma vai o alugar um hotel para que os profissionais da saúde que estejam trabalhando nos hospitais e na triagem para que possam evitar que eles levem contaminação para casa.
Uma dificuldade que dever ser enfrentada é a falta de médicos e profissionais da área da saúde, já que a demanda já foi redobrada, e ainda não chegou ao pico da situação que tende a se agravar. "A população precisa seguir as recomendações e não sair de casa até segunda orientação", reforça o diretor executivo da AMREC.
Os prefeitos ainda decidiram encaminhar um ofício a Federação Catarinense de Municipios (Fecam), Sugerindo que o Governo Federal determine toque de recolher em todo território nacional, devido o agravamento do quadro. A compra de equipamentos e insumos de segurança aos profissionais de saúde, como máscaras e luvas, assim também como medicamentos será feita via Consórcio Intermunicipal de Saúde da AMREC (CISAMREC).
Outro medida que deve ser adotada é a prorrogação dos prazos dos impostos municipais, que devem ser prorrogados, tanto para lançamentos, quanto para as cobranças. Os prefeitos também manifestaram preocupações quanto as empresas, principalmente as que produzem alimentos e não podem parar, já que os prazos de quarentena devem ser prorrogados.
Ficou acordado que as próximas reuniões serão feitas através de sistema virtual e ou pelo aplicativo de conversa whatsapp. A ideia dos prefeitos é de tomarem decisões em conjunto para o enfrentamento do Corona Vírus.